Tamanho do texto

Assembleia também escolhe João Alberto Gross Figueiró como o conselheiro independente

Agência Estado

Assembleia geral extraordinária da Unidas aprovou nesta segunda-feira (22) a adesão da companhia ao Novo Mercado da Bovespa e a realização de uma oferta pública de distribuição primária e secundária de ações, a ser realizada no Brasil, em mercado de balcão não organizado, com esforços de colocação no exterior.

A oferta terá como coordenadores o Banco BTG Pactual, JPMorgan, Banco Merrill Lynch de Investimentos, Banco Bradesco BBI e BES Investimento do Brasil.

As ações a serem emitidas pela companhia no âmbito da oferta primária serão decorrência de aumento de capital a ser realizado dentro do limite do seu capital autorizado. A oferta de ações contará com um lote suplementar de 15% dos papéis inicialmente ofertados e de 20% no lote adicional.

Leia também: Unidas e TAM firmam parceria para aluguel de carros 

Grupamento

Foi aprovado ainda o grupamento da totalidade das ações da empresa na proporção de oito papes ordinários para um. Como resultado, o capital social da companhia passará a ser representado por 54.076.223 ações ordinárias.

Os acionistas aprovaram ainda a reforma e consolidação do estatuto social para adaptá-lo ao Regulamento de Listagem do Novo Mercado. Em razão da criação da posição de membro independente do conselho de administração, como resultado da adaptação do estatuto social ao Novo Mercado, a AGE aprovou a eleição de João Alberto Gross Figueiró para ocupar a posição de membro independente. João Manuel Marcos Rodrigues Reino renunciou ao cargo de conselheiro.

    Leia tudo sobre: bovespa

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.