Tamanho do texto

Empresa recebeu mais pedidos do que pôde atender no segundo trimestre deste ano

Reuters

Rich Templeton, presidente da Texas Instruments
Divulgação/Texas Instruments
Rich Templeton, presidente da Texas Instruments

A fabricante de chips Texas Instruments fez uma previsão de receita para o terceiro trimestre melhor que a esperada por alguns analistas, e afirmou que clientes parecem estar mais confiantes em fazer pedidos.

Segundo a empresa, a demanda por chips aumentou no primeiro semestre do ano. O vice-presidente financeiro da companhia, Kevin Marck, afirmou à agência Reuters que os negócios continuam a melhorar, após um 2012 marcado por fraca demanda devido a preocupações com a economia global.

A taxa de pedidos recebidos em relação às unidades vendidas foi de 1,03 no segundo trimestre, inalterada em relação aos três meses anteriores. Uma taxa superior a 1 sugere que a companhia recebeu mais pedidos do que pôde atender durante determinado período.

A empresa teve receita de US$ 3,047 bilhões no segundo trimestre, queda de 9% ante o mesmo período do ano anterior.

O lucro líquido saltou para US$ 660 milhões, ou US$ 0,58 por ação, ante US$ 446 milhões, ou US$ 0,38 dólar, no mesmo período do ano passado.

A empresa estimou que, no terceiro trimestre, sua receita ficará entre US$ 3,09 bilhões e US$ 3,35 bilhões.

Na média, analistas esperavam receita de US$ 3,059 bilhões no segundo trimestre e uma previsão de US$ 3,199 bilhões para o terceiro trimestre, que termina em setembro.

A empresa estimou lucro por ação de US$ 0,49 a US$ 0,57 dólar no terceiro trimestre.

As ações da Texas Instruments avançaram 1,95% no after market (após o fechamento), após encerrarem o pregão com alta de 0,43%.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.