Tamanho do texto

A economia do país deverá voltar crescer após dois trimestres consecutivos de contração, afirmou a porta-voz do governo Najat Vallaud-Belkacem

Agência Estado

A economia da França deverá voltar crescer no segundo trimestre deste ano após dois trimestres consecutivos de contração, afirmou a porta-voz do governo Najat Vallaud-Belkacem durante entrevista coletiva semanal, citando comentários dos ministros das Finanças e do Trabalho, Pierre Moscovici e Michel Sapin, durante reunião de gabinete semanal realizada hoje.

Leia também: França buscará € 4 bilhões em cortes no próximo ano

Os dois ministros basearam suas expectativas na leve estabilização da economia da zona do euro durante as duas últimas semanas, na recuperação da demanda do consumidor, e na melhora dos fluxos de capital nas empresas francesas.

O Banco Central da França previu no mês passado que a economia francesa teria crescimento de 0,1% no segundo trimestre após dois trimestres de contração no fim de 2012 e no início de 2013. A agência de estatísticas do país Insee disse em sua última projeção econômica que a expansão econômica seria de 0,2% no segundo trimestre, em bases trimestrais.

Segundo Vallaud-Belkacem, Sapin afirmou que a estabilização do número de pessoas desempregadas em maio é uma "pausa" na crescente curva, não uma inversão da curva que o governo tem como alvo até o fim do ano. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.