Tamanho do texto

Cerca de 400 pessoas seguiram em direção ao Congresso; no Acre, situação é calma

Manifestação em Brasília em apoio à Telexfree
Reprodução/Youtube
Manifestação em Brasília em apoio à Telexfree

Cerca de 400 pessoas fizeram uma manifestação em Brasília na manhã desta segunda-feira (8) em apoio à Telexfree, empresa acusada de ser uma pirâmide financeira. No mesmo momento, em Rio Branco (AC), a Justiça decidia manter o bloqueio dos pagamentos da empresa, determinado no dia 18 de junho pela juíza Thaís Khalil .

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, por volta das 10h – quando começaria a sessão no Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) – cerca de 200 manifestantes caminhavam em direção ao Congresso. Às 11h15, o grupo já somava 400 pessoas e seguia pela S1.

Em Rio Branco, alguns manifestantes se reuniram junto ao TJ, incluindo o deputado estadual Eber Machado (PSDC) – diversos parlamentares das Assembleia Legislativa do Acre já se manifestaram publicamente a favor da empresa. De acordo com o major Márcio Álves, comandante da Companhia de Trânsito (Ciatran), porém, o grupo não chegou a prejudicar o trânsito.

Por unanimidade, os três desembargadores da 2ª Câmara Cível do TJ-AC mantiveram a suspensão dos pagamentos da Telexfree . A decisão também impede novos cadastramentos e bloqueia os bens da empresa e dos sócios Carlos Costa, Carlos Wanzeler, Lyvia Wanzer e James Merryl. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.