Tamanho do texto

Segundo a Eletrobras, não houve risco aos trabalhadores, à população ou ao meio ambiente

Reuters

A usina nuclear Angra 1 tem 640 megawatts (MW) de capacidade de gerar energia
Divulgação
A usina nuclear Angra 1 tem 640 megawatts (MW) de capacidade de gerar energia

A usina nuclear Angra 1 foi desligada do sistema elétrico nacional às 11h56 desta quinta-feira (4), após um problema durante teste em equipamentos, informou a Eletronuclear, empresa do grupo Eletrobras.

-Veja também: usinas nucleares fecham por problemas econômicos, não por protestos

"O desarme do reator aconteceu devido à atuação não programada de parte das barras de controle —responsáveis por controlar a potência da unidade— durante a realização de um teste periódico nestes equipamentos", informou a empresa, em nota à imprensa.

"Os sistemas da usina operaram corretamente, levando o reator a um desligamento seguro."

Segundo a Eletronuclear, os técnicos da empresa estão investigando a causa do problema para determinar quando Angra 1 poderá retornar à operação. "O evento não ofereceu risco aos trabalhadores, à população ou ao meio ambiente", informou.

A usina nuclear Angra 1 tem 640 megawatts (MW) de capacidade de gerar energia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.