Tamanho do texto

Altas se devem a uma regra ambiental que pode reduzir o poder produtivo das siderúrgicas

Reuters

Minério é empilhado para entrega em uma mina em Jiyuan, província de Henan, na China
Getty Images
Minério é empilhado para entrega em uma mina em Jiyuan, província de Henan, na China

Os preços do minério de ferro no mercado à vista asiático atingiram nesta quinta-feira (4) os maiores valores em seis semanas, enquanto os futuros do aço na China subiram com as apostas de que uma possível nova regra ambiental possa reduzir a capacidade de produção das siderúrgicas.

-Veja também: royalty cobrado do minério de ferro pode dobrar, segundo o governo

O minério com teor de 62% de ferro atingiu US$ 122, sexto dia de altas, maior valor desde 23 de maio.

Na bolsa de Xangai, o aço chegou a atingir máxima de 3.635 iuanes (US$ 590) por tonelada, maior patamar desde 22 de maio.

Há conversas no mercado de que o governo chinês irá implementar medidas anti-poluição, tendo como alvo indústrias com tecnologia defasada, o que encorajou investidores a elevar os preços do aço.

Os ganhos nos preços do aço encorajaram traders a elevar os swaps de minério de ferro, apesar da resistência nas compras físicas por parte das indústrias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.