Tamanho do texto

No fim de março, o preço médio do minuto foi de R$ 0,16, considerando impostos

Agência Estado

Forte competição, aliada aos ganhos de escala, tem sido crucial para impulsionar a queda de preços
Getty Images
Forte competição, aliada aos ganhos de escala, tem sido crucial para impulsionar a queda de preços

O preço médio do minuto da telefonia celular no Brasil caiu 19% no primeiro trimestre em relação ao mesmo período do ano passado, apontam dados da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil) nesta segunda-feira (dia 1°).

-Veja também: celular já permite saques a distância e autoriza transações bancárias

No fim de março, o preço médio do minuto foi de R$ 0,16, considerando impostos, e R$ 0,11, sem impostos. Em março de 2012, o preço médio, com tributação, era de R$ 0,19.

"A forte competição, aliada aos ganhos de escala, tem sido fator importante para impulsionar a queda dos preços", afirmou a Telebrasil, por meio de nota à imprensa.

No mesmo comparativo, o tempo médio mensal de uso do celular por cliente subiu 13%, passando de 115 minutos para 130 minutos.

Nos últimos cinco anos, a queda do preço do minuto recuou 63% e o tempo médio em minutos em uso do celular subiu 55%, de acordo com a associação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.