Tamanho do texto

Agência do país afirmou que normas em vigor não permitem autorizar a expansão das áreas para o desenvolvimento de um projeto de mineração, modificando a licença anterior

Reuters

Mina de ferro da BHP Billiton no Oeste da Austrália
Divulgação
Mina de ferro da BHP Billiton no Oeste da Austrália

A Colômbia negou uma licença para Cerro Matoso SA, uma unidade da australiana BHP Billiton, expandir a área de operação de uma mina de níquel no norte do país sul-americano, informou ontem (29) a Autoridade de Licenciamento Ambiental (ANLA).

Leia também: ANP arrecadou R$ 1,226 bilhão com leilão de petróleo

O ANLA disse que tomou a decisão porque as normas em vigor não permitem autorizar a expansão das áreas para o desenvolvimento de um projeto de mineração, modificando a licença outorgada anteriormente.

A mina a céu aberto está localizada perto da cidade de Montelíbano, no departamento de Córdoba, no norte da Colômbia. Não foi imediatamente possível contatar a empresa.

A produção de níquel na Colômbia ultrapassou 47 mil toneladas em 2012, de acordo com dados da Agência Nacional de Mineração, principalmente pelo projeto Cerro Matoso da BHP Billiton.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.