Tamanho do texto

Contrato para agosto fechou em queda de 1,48%, cotado em US$ 1,211,60 a onça-troy

Agência Estado

Investidores têm deixado o ouro com a expectativa de que o Fed reduzirá as compras de bônus
Getty Images
Investidores têm deixado o ouro com a expectativa de que o Fed reduzirá as compras de bônus

Os contratos futuros do ouro fecharam nesta quinta-feira (27) no menor nível desde agosto de 2010, pressionados pela retomada do rali do dólar, por causa das constantes preocupações com a diminuição do programa de estímulos do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos).

-Veja também: ouro fecha em queda, no menor nível em quase três anos

Os investidores têm continuamente deixado o ouro, visto como um porto-seguro e hedge contra inflação, em meio a expectativas de que o Fed reduzirá em breve as compras de bônus e permitirá que as taxas de juros aumentem.

Esses temores cresceram na semana passada, após o presidente do Fed, Ben Bernanke, sinalizar que a autoridade monetária poderá começar a reduzir as medidas de suporte ainda neste ano se os dados econômicos continuarem a mostrar crescimento mais forte.

O contrato do ouro para agosto fechou em queda de 1,48%, cotado em US$ 1,211,60 a onça-troy, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.