Tamanho do texto

O banco central da China disse neste domingo que continuará a implementar uma política monetária prudente

Agência Estado

O banco central da China disse neste domingo que continuará a implementar uma política monetária prudente e, ao mesmo tempo, manter um crescimento sustentado e apropriado da oferta de dinheiro.

O BC fará o ajuste fino de suas políticas no momento certo e utilizará vários instrumentos para fortalecer e melhorar a administração da liquidez, além de manter um crescimento sustentado e apropriado do crédito e do financiamento social, disse o Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) em nota divulgada em seu site. A nota segue-se ao encontro do segundo trimestre do comitê de política monetária.

Os comentários reduzem a expectativa de qualquer movimento agressivo para aumentar a liquidez e para dar impulso à economia pelo banco central chinês, em meio a preocupações de que a economia perderá ainda mais seu ritmo nos próximos meses.

O PBoC observou que a economia e as finanças da China estão basicamente estáveis atualmente e a tendência dos preços é, de modo geral, estável. Entretanto, permanecem os desafios e a situação é complicada, apesar da recuperação da economia global, acrescenta o documento.

O país precisa otimizar a alocação de suas fontes financeiras, aproveitar os novos empréstimos e vitalizar o crédito já tomado para dar melhor suporte a reestruturação econômica, ao avanço da indústria e a economia real, segundo o mesmo documento.

O banco central chinês reiterou que irá dar andamento a liberalização da taxa de juro e a reforma de moeda, de modo que o mercado possa ter maior participação na alocação dos recursos.

O documento não fala sobre a recente queda na oferta de dinheiro no mercado interbancário. Em maio, o fluxo de recursos estrangeiros para a China desacelerou e os bancos tiveram cumprir com as exigências regulares de capital, o que levou o juro do interbancário para recorde de alta na semana passada.

Fonte: Dow Jones Newswire.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.