Tamanho do texto

As alterações abrangem aspectos como prazos e habilitação de empresas ao regime

Agência Estado

A Receita Federal modificou vários trechos da norma que trata do Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura (Reidi).

-Veja também: Receita paga hoje 1º lote do IR; veja como usar a restituição por faixa de valor

O regime suspende a exigência do Programa de Integração Social (PIS)/Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e do PIS-Importação e Cofins-Importação incidentes sobre a receita da venda, locação e prestação de serviços de empresas que atuam com obras de infraestrutura em rodovias, hidrovias, portos, aeroportos, energia, saneamento básico e irrigação.

As alterações abrangem aspectos como prazos e habilitação de empresas ao regime.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.