Tamanho do texto

Governo italiano investirá US$ 4 bilhões em infraestrutura visando a criação de novos postos de trabalho e o financiamento para pequenas e médias empresas

Agência Estado

Policial atira gás lacrimogêneo contra manifestantes em Turim, Itália
ASSOCIATED PRESS/AP
Policial atira gás lacrimogêneo contra manifestantes em Turim, Itália

O governo da Itália anunciou neste sábado (15) um pacote com novas medidas emergenciais para reavivar a economia, incluindo US$ 4 bilhões em investimentos em infraestrutura visando a criação de novos postos de trabalho e o financiamento para pequenas e médias empresas.

O decreto do governo, revelado após um encontro de seis horas, é parte do desafio do primeiro ministro Enrico Letta de recuperar a economia italiana, que teve o seu oitavo mês consecutivo de contração e registra níveis recordes de taxa de desemprego entre os jovens.

Veja: Desemprego entre jovens na Itália ultrapassa os 40%

Letta tenta equilibrar os conflitos de demandas da coalização de esquerda e direita sobre os gastos públicos e cortes de impostos, enquanto promete seguir com o rigor fiscal, em linha com as recomendações da União Europeia.

O governo italiano deve anunciar seu plano para impulsionar o emprego entre os jovens na próxima semana, sendo um dos objetivos principais reduzir a taxação trabalhista. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.