Tamanho do texto

Presidente-executivo da companhia afirmou que acionistas devem votar contra as propostas da farmacêutica irlandesa

Reuters

Elan anunciou que iniciará um processo formal de venda
Thinkstock/Getty Images
Elan anunciou que iniciará um processo formal de venda

A Royalty Pharma acredita que a única razão pela qual a farmacêutica irlandesa Elan anunciou um processo de venda é para desviar a própria oferta da Royalty, disse o presidente-executivo da empresa, Pablo Legorreta, em um comunicado nesta sexta-feira (14).

A companhia não teve contato com a Elan ou com seus assessores financeiros, afirmou Legorreta em comunicado enviado por email.

"Se os acionistas querem ter a opção de escolher entre a oferta da Royalty Pharma ou um processo de venda, devem votar contra todas as quatro propostas da Elan, especialmente o programa de recompra de ações", disse a empresa.

A Elan anunciou hoje que vai iniciar um processo formal de venda, em função das manifestações de interesse recebidas até agora. A Royalty Pharma, que fez uma oferta hostil de até 8 bilhões para a Elan, será convidada a participar, se assim o desejar, afirmou a companhia irlandesa em comunicado.

A Elan também pediu aos seus acionistas para não aceitarem a atual oferta da Royalty.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.