Tamanho do texto

Atualmente, todas as usinas com custo superior a R$ 1.000/MWh já foram desligadas

Agência Estado

O diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp, afirmou nesta segunda-feira (10) que o custo de operação do sistema já teve uma queda de aproximadamente R$ 280 milhões por mês com o fechamento de térmicas de alto custo.

A última unidade a ser desligada foi a Termelétrica Potiguar 3, movida a óleo diesel, que deixou de operar no sábado passado. A projeção de R$ 280 milhões, citada por Chipp, considera apenas o custo de operação, e não encargos, ressaltou o diretor-geral do ONS.

-Veja também: ONS espera propostas para usinas do Rio Madeira e Sul-Sudeste

Neste momento, todas as usinas com custo superior a R$ 1.000/MWh já foram desligadas, segundo Chipp. A próxima unidade, em termos de custo variável, seria a térmica de Camaçari (BA), com custo de R$ 915 por MWh. O executivo do ONS, porém, evitou fazer projeções de quando esta ou outras unidades poderiam ser desligadas.

"Vamos acompanhar e apresentar ao comitê de monitoramento, em função dessa evolução, as nossas recomendações", destacou Chipp, que participou nesta segunda-feira do III Seminário Internacional de Gerenciamento de Ativos, Manutenção da Transmissão e Desempenho do Sistema Elétrico (Sigamt).

Expectativa

Chipp destacou que, diante do cenário de afluências, as térmicas devem continuar a operar. O diretor-geral do ONS, porém, também destacou que as térmicas possam ser paralisadas "gradativamente, em função de pequenas melhorias".

"Tivemos alguma surpresa no final de maio e começo de junho com essas áreas de instabilidade no norte da região Sul e no sul da área (sistema) Sudeste/Centro-Oeste", destacou Chipp. Na região Nordeste, porém, as perspectivas são menos otimistas, segundo a previsão dos meteorologistas.

"Mas a chuva sempre pode nos surpreender. Espero que ela surpreenda positivamente e que a transição (do período seco para o úmido) seja bem melhor do que o ano passado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.