Tamanho do texto

Dólar em baixa tende a ajudar as commodities, ao torná-las mais baratas para outras divisas

Agência Estado

O contrato de petróleo mais negociado ganhou US$ 1,02 (1,09%) e fechou a US$ 94,76 o barril
PA
O contrato de petróleo mais negociado ganhou US$ 1,02 (1,09%) e fechou a US$ 94,76 o barril

Os contratos futuros de petróleo negociados na New York Mercantile Exchange (Nymex) fecharam em alta nesta quinta-feira (6), no maior nível em mais de uma semana, ajudados pela queda do dólar antes do aguardado relatório de emprego do governo dos Estados Unidos.

-Veja também: Brasil produziu 3,8% mais petróleo em abril, diz ANP

O contrato de petróleo mais negociado, com entrega para julho, ganhou US$ 1,02 (1,09%) e fechou a US$ 94,76 o barril. Na plataforma eletrônica ICE, o barril de petróleo do tipo Brent para julho subiu US$ 0,57 (0,55%), fechando a US$ 103,61.

O dólar caiu fortemente ante o euro e o iene nesta quinta-feira (6). A moeda mais fraca tende a ajudar o petróleo e outras commodities, precificados em dólar, por torná-los mais baratos para detentores de outras divisas. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.