Tamanho do texto

Adoção da ferramenta Realtime pela gigante Tumblr mostra a aposta certeira da holding BRZTech nas empresas que desenvolvem e fornecem soluções inovadoras, ‘made in Brazil’, para facilitar a vida dos internautas

Brasil Econômico

No mundo da internet, a característica mais importante para saber se uma boa ideia é realmente uma boa ideia é verificar se ela é escalável. Isso significa que a solução deve atender a uma grande massa de usuários, em segurança, com estabilidade, todos conectados simultaneamente. É esse o trunfo do Realtime, da brasileira Internet Business Technologies (IBT), que acaba de se estabelecer como a ferramenta de suporte a conversas online (chats) do Tumblr, a comunidade com 30 milhões de usuários que foi comprada pelo Yahoo há duas semanas, por US$ 1 bilhão .

Rafael Mora, CEO da BRZTech
Paulo Alexandre Coelho
Rafael Mora, CEO da BRZTech

Com a operação, Rafael Mora, CEO da BRZTech, holding brasileira de investimentos em tecnologia que está por trás da IBT, diz que a empresa vai mostrar mais fortemente a que veio. Segundo ele, seu objetivo sempre foi construir uma oferta de produtos e de tecnologia “made in Brazil” que possam fazer a diferença no mercado mundial, que já é bastante concorrido pela própria natureza.

“Entendemos que existe uma clara lacuna nessa área”, diz Mora. “O Brasil é a oitava maior economia do planeta, com empresas de referência na indústria de petróleo, mineração, financeiro, agropecuário e varejo, entre tantas outras. No entanto, com exceção da Totvs, que é uma empresa tecnológica com dimensão mundial, o Brasil ainda não tem um grupo diferenciado”.

Ainda de acordo com Rafael Mora, a BRZTech pretende estar sempre próxima ao mercado de telecomunicações, que tem um forte potencial de crescimento não só no País, como também nos países vizinhos.

Para isso, a holding está investindo em vários grupos — como o portal iG , o próprio IBT do Realtime e a Mobbit, desenvolvedores de soluções especializada em conteúdo digital móvel. Ao lado da Health Innovation Systems (HIS), que atua no segmento de software e soluções para gestão hospitalar, as três empresas formam a linha de frente da BRZTech.

“Uma economia só vai realmente entrar na primeira divisão do mundo quando tiver condições de desenvolver sua própria tecnologia diferenciada”, garante o executivo.

A BRZTech começou a ser estruturada há quatro anos. Nos últimos dois anos, a menina dos olhos, sem dúvida, tem sido o Realtime. A ferramenta suporta a conversação online, simultaneamente, de milhares de usuários. Foi essa estabilidade — ou escalabilidade, como Mora prefere chamar — que está salvando o sistema de chat do Tumblr.

O caso mostra a importância de uma empresa de tecnologia estar atenta a tendências. Criado há dois anos, o Realtime sempre foi pensado para ser usado por um grande número de usuários. É o caminho natural de um meio que exige interatividade ampla cada vez mais, sobretudo para o crescimento do e-commerce e para a manutenção das redes sociais.

Ao longo do ano passado, após os resultados positivos das primeiras experiências, a equipe do IBT tratou apenas de aperfeiçoar e patentear o Realtime, garantindo sua proteção em todo o mundo, para iniciar a comercialização da ferramenta.

A grande oportunidade da empresa brasileira surgiu no último 7 de maio. Naquele dia, o Babblr estreava como ferramenta principal de suporte às conversas online do Tumblr. Aguardado com grande expectativa, acabou sucumbindo. A grande procura de internautas, sempre afoitos pelas novidades e pela perspectiva de trocas de ideias em tempo real, derrubou seus poucos servidores. O serviço teve de ser suspenso com apenas três horas de operação, após 250 mil downloads.

Foi então que a equipe do Realtime apresentou a salvação. E a negociação não foi nada difícil, garante Mora. Após uma videoconferência entre São Paulo e Los Angeles, o CEO da IBT, André Parreira, ofereceu à Babblr a solução brasileira. Deu certo.

“A escalabilidade representou um papel fundamental na nossa história”, diz Rafael Mora.

Empresas que fazem parte da BRZTech

– A Realtime foi desenvolvida pela brasileira Internet Business Technologies (IBT), criada há dois anos por André Parreira. Ao socorrer o aplicativo de chat do Tumblr, comprado pelo Yahoo há duas semanas por US$ 1 bilhão, o Realtime acabou conquistando espaço importante na operação de um grande player da internet.

– Criada em 2003, a Mobbit desenvolve soluções para o mercado de comunicação corporativa e móvel. A distribuição de conteúdo em diversas mídias é uma das tendências crescentes na indústria da comunicação, principalmente pelas aplicações em publicidade e marketing.

– A Health Innovation Systems  é uma empresa de tecnologia voltada para o mercado de gestão hospitalar, controlando não só prontuários, como também as diversas etapas administrativas e operacionais das instituições. Está conquistando presença muito significativa nos países  de língua portuguesa.

– Um dos mais tradicionais portais de internet do País, o iG  faz parte do braço da BRZTech no mercado de informação. Com picos de 300 mil usuários concomitantemente, o iG tem sido um parceiro importante para testar a escalabilidade do Realtime, não só no conteúdo editorial, como também na área de publicidade digital direcionada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.