Tamanho do texto

Segundo fonte, Obama deve pedir aos parlamentares que aprovem aumento de impostos para pessoas com renda superior a US$ 250 mil e aumentem seguro-desemprego

Reuters

WASHINGTON - O presidente norte-americano, Barack Obama, não planeja fazer uma nova oferta para evitar aumentos de impostos e cortes de gastos que entram em vigor em 1 de janeiro, o chamado "abismo fiscal", durante uma reunião na Casa Branca com líderes do Congresso nesta sexta-feira (28), disse uma fonte familiar com o encontro.

Na reunião, Obama deve pedir aos parlamentares que votem um plano que permita aumentos de impostos para aqueles que ganham mais de 250 mil dólares e que estenda os benefícios do seguro-desemprego, de acordo com a fonte.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.