Tamanho do texto

Dado representa crescimento de 18% em relação a vendas do ano passado

O comércio eletrônico brasileiro faturou R$ 3,06 bilhões no período entre 15 de novembro e 24 de dezembro, segundo dados do e-bit. O valor representa uma alta de 18% em relação ao ano anterior, quando foram vendidos R$ 2,6 bilhões. 

- Veja também: comércio eletrônico faz saldão com encalhes do Natal

O número de pedidos chegou a 8,5 milhões, segundo o e-bit. Somente na Black Friday, dia 23 de novembro, o comércio eletrônico vendeu R$ 217 milhões. Mas o setor não atingiu a alta prevista anteriormente para o período, de 25%.

“De uma maneira geral, 2012 foi um bom ano nas vendas online, especialmente no primeiro semestre. Na segunda metade, notou-se um movimento intenso na Black Friday. Podemos considerar um bom valor de faturamento para a data sazonal, uma vez que vendas em shoppings cresceram somente 6% ”, comenta Cris Rother, do e-bit, através de nota enviada à imprensa.

- Mais: vendas do comércio cresceram 5,1% o Natal, diz Serasa Experian

A categoria mais vendida foi “Moda e Acessórios”, com 12% do volume de pedidos. Em segundo lugar ficou “Eletrodomésticos” com 11%, seguida por “Saúde, beleza e medicamentos” com 10%, “Informática” com 9% e “Casa e decoração” com 8%. Segundo o e-bit, foi a primeira vez que a categoria "Moda e Acessórios" assumiu a liderança nas vendas natalinas.

Já os atrasos nas compras online sofreram uma piora no seu índice, com relação aos consumidores que ainda aguardam a entrega dos produtos. No ano passado, 13% dos pedidos não foram entregues no prazo. Em 2012, esse número subiu para 18,37%, diz a empresa de pesquisa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.