Tamanho do texto

Segundo o Banco Central o spread, diferença entre o custo de captação do banco e a taxa efetivamente cobrada ao consumidor, atingiu 21,6 pontos percentuais em novembro, contra 22,1 pontos em outubro

Reuters

O crédito total disponibilizado pelo sistema financeiro no Brasil subiu 1,5 por cento em novembro, sobre o mês anterior, chegando a 52,6 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), ou 2,304 trilhões de reais, informou o Banco Central nesta quarta-feira.

Dados divulgados pelo BC mostraram ainda que a inadimplência média ficou em 5,8 por cento no mês passado, queda sobre o resultado de outubro, quando era de 5,9 por cento.

O BC informou que o spread, diferença entre o custo de captação do banco e a taxa efetivamente cobrada ao consumidor final, atingiu 21,6 pontos percentuais em novembro, contra 22,1 pontos no mês anterior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.