Tamanho do texto

Aumento de 1,1% em novembro foi o mais forte desde dezembro de 2010; segundo BC americano, produção se recuperou dos problemas provocados pela supertempestade Sandy

Reuters

A produção industrial dos Estados Unidos subiu mais do que o esperado em novembro, registrando o maior aumento em quase dois anos, com a produção se recuperando dos problemas provocados pela supertempestade Sandy.

A produção industrial expandiu 1,1% no mês passado, após queda revisada de 0,7% em outubro, informou nesta sexta-feira o Federal Reserve, banco central norte-americano.

Esse foi o aumento mais forte desde dezembro de 2010. Analistas consultados pela Reuters esperavam que a produção avançasse 0,3% no mês passado, após queda de 0,4% em outubro reportada anteriormente.

MaisVendas no varejo dos EUA sobem em novembro e gastos do consumidor ganham força

O Fed informou que a produção foi conduzida pela recuperação nas indústrias afetadas pela tempestade, que devastou a Costa Leste no final de outubro, assim como alta na produção de veículos.

A produção manufatureira expandiu 1,1% após cair 1% no mês anterior, embora ainda se mantenha abaixo dos níveis alcançados mais cedo neste ano.

A utilização da capacidade, medida de como as empresas estão usando seus recursos, subiu para 78,4% em novembro ante 77,7% em outubro. Economistas esperavam que chegasse a 78%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.