Tamanho do texto

Recuperação sugere que condições no setor industrial, que teve problemas durante a maior parte do ano, uma vez que situação externa afetou demanda internacional, estão melhorando

Reuters

O setor industrial dos Estados Unidos cresceu em dezembro no ritmo mais rápido em oito meses, impulsionado por aumentos nas demandas doméstica e externa, mostrou nesta sexta-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

A empresa de informação financeira Markit informou que seu PMI preliminar subiu para 54,2, na melhor leitura desde abril, ante 52,8 no mês passado. Leitura acima de 50 indica expansão.

A produção e novas encomendas domésticas também atingiram máximas de oito meses, ajudando o setor após as condições terem atingido uma mínima de três anos em outubro. O índice "sinalizou melhora sólida nas condições empresariais da indústria dos EUA durante dezembro", avaliou o Markit em comunicado.

MaisProdução industrial dos EUA tem maior ganho em quase 2 anos

A recuperação sugere que as condições no setor industrial, que teve problemas durante a maior parte do ano, uma vez que a situação externa afetou a demanda internacional, estão melhorando.

Em dezembro, as encomendas para novas exportações subiram no ritmo mais rápido desde março. Isso ajudou as empresas a contratarem mais rapidamente, e o componente de emprego subiu para 54,4 ante 52,6 em novembro.

Uma melhora lenta, mas estável, no emprego tem dado suporte aos gastos do consumidor nos EUA. Sinais de vida no mercado imobiliário também melhoraram as esperanças de crescimento do país em 2013.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.