Tamanho do texto

País é o maior exportador mundial de biodiesel, o segundo em limões e um dos mais importantes exportadores de carne bovina

Reuters

A Argentina afirmou nesta quarta-feira que abriu um processo contra Estados Unidos na Organização Mundial do Comércio (OMC) por conta de restrições norte-americanas às importações de carne bovina e limões argentinos.

A Argentina também abriu queixa na OMC contra a União Europeia por limites à entrada de seu biodiesel.

"As demandas apresentadas pela Argentina nesta ocasião tentam resolver bilateralmente as medidas protecionistas impostas por Estados Unidos e União Europeia, que violam as normas da Organização Mundial do Comércio", disse o chanceler Héctor Timerman em conferência de imprensa.

A Argentina é o maior exportador mundial de biodiesel, o segundo em limões e um dos mais importantes exportadores de carne bovina.

Segundo Timerman, as restrições dos EUA estão vigentes há 11 anos, enquanto a UE começou com restrições em 2012, quando a Espanha suspendeu as importações do combustível em uma disputa bilateral.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.