Tamanho do texto

Programa Winning Women, da Ernst & Young, selecionará 15 empreendedoras brasileiras que receberão orientação nos negócios de especialistas renomados

Quinze empreendedoras brasileiras poderão receber lições de marketing do publicitário Nizan Guanaes e aulas de técnicas de vendas de Luiza Helena Trajano, controladora do Magazine Luiza, entre outros líderes, por exemplo, no ano que vem. As vencedoras do programa Winning Women, da Ernst & Young, serão treinadas por grandes empreendedores e especialistas em gestão para alavancar o crescimento de suas empresas, que devem ter pequeno ou médio porte e vontade de crescer. 

Leia:  "Cota não é sinônimo de incompetência"

Em sua quinta edição nos EUA, o programa foi trazido ao Brasil para fortalecer o empreendedorismo feminino por meio da criação de uma rede de mulheres notáveis e da divulgação de suas histórias. "Esperamos que daqui a um tempo não consigamos mais enumerar as histórias das empreendoras como hoj, porque são poucas e quase exceções, mas porque serão muitas", diz Andrea Weichert, sócia da Ernst & Young, que está à frente do programa.

Veja ainda:  Só 5,4% das grandes empresas brasileiras têm mulheres em seus conselhos

NoS EUA, o crescimento médio das empresas comandadas por mulheres e selecionadas para participar do Winning Women foi de 49% em receita, em média. As estatísticas apontam que 46% das empreas têm sócias. Apesar de as empresas controladas por mulheres terem forte crescimento quando são lançadas, as companhias dirigidas por homens têm 3,5 vezes mais chances de alcançar US$ 1 milhão em faturamento. Os motivos vão desde a dificuldade de acesso a capital até falta de networking. O programa pretende ensinar como mudar essa realidade.

Saiba mais:  'Sucesso' norueguês inspira Europa a adotar cotas para mulheres em empresas

As inscrições para o programa podem ser feitas até janeiro, neste endereço . O programa de treinamento terá a duração de um ano e será dada preferência a empreendedoras fora do eixo Rio-São Paulo. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.