Tamanho do texto

Queda de 0,3% traz uma pequena sombra sobre o que tem sido um dos melhores pontos da economia norte-americana

Reuters

As vendas de novas moradias nos Estados Unidos teve leve queda em outubro e o governo revisou fortemente para baixo sua estimativa para as vendas do mês anterior, trazendo uma pequena sombra sobre o que tem sido um dos melhores pontos da economia norte-americana.

O Departamento do Comércio informou nesta quarta-feira que as vendas caíram 0,3% no último mês, para uma taxa anual sazonalmente ajustada de 368 mil unidades.

Os números do governo de novas vendas de moradias estão sujeitos a substanciais revisões. O Departamento do Comércio cortou a sua estimativa para vendas em setembro em 20 mil, para uma taxa de 369 mil unidades.

Veja também:  Miami tem pelo menos 6 mil imóveis à venda por menos de US$ 100 mil

Economistas consultados pela Reuters esperavam que as vendas aumentassem para uma taxa de 390 mil unidades no último mês, ante o previamente reportado de 389 mil unidades.

O número deixa o ritmo das vendas de novas moradias logo abaixo do registrado em maio, sugerindo um movimento de pequena melhora no mercado de novas casas.

No entanto, o relatório ainda dá alguns sinais que reforçam que o setor de habitação como um ponto de força em uma economia atingida pela menor confiança empresarial e esfriamento da demanda externa. A média de preços de novas moradias subiu 5,7% ante um ano antes.

Veja também:  Ponta de estoque testa venda de imóvel em Miami para brasileiros

O Departamento de Comércio informou que a supertempestade Sandy no final do último mês provavelmente teve um efeito "mínimo" na atividade de vendas e não afetou o recolhimento dos dados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.