Tamanho do texto

Banco Central informou que resultado foi impulsionado por operações financeiras, que responderam por entrada líquida de US$ 4,612 bilhões entre os dias 1º e 23 de novembro

Agência Estado

A entrada de dólares no País superou a saída em US$ 3,537 bilhões entre os dias 1º e 23 de novembro, informou o Banco Central (BC). O resultado foi puxado pelas operações financeiras, que responderam por uma entrada líquida de US$ 4,612 bilhões no período. O número é a diferença entre compras de US$ 22,110 bilhões e vendas de US$ 17,498 bilhões.

MaisPaís tem fluxo cambial positivo em US$ 3,514 bi no mês

No comércio exterior, o saldo ficou negativo em US$ 1,075 bilhão no mesmo período. As exportações somaram US$ 11,585 bilhões e as importações, US$ 12,659 bilhões. No acumulado do ano até o dia 23 deste mês, o fluxo cambial registra entrada líquida de US$ 22,169 bilhões. Entraram US$ 13,961 bilhões pela via comercial e US$ 8,208 bilhões no segmento financeiro, que inclui investimentos estrangeiros, entre outras operações.

TambémFluxo cambial é negativo entre 29 e 31 de outubro

Na quarta semana de novembro (entre os dias 19 e 23), o fluxo de dólares para o País ficou positivo em apenas US$ 23 milhões. Na primeira semana, havia sido registrada saída líquida de US$ 356 milhões. Na segunda, entrada líquida de US$ 2,661 bilhões. Na terceira, entrada de US$ 1,208 bilhão. Na semana passada, de acordo com o BC, as operações financeiras responderam por uma entrada líquida de US$ 2,170 bilhões, diferença entre compras de US$ 7,203 bilhões e vendas de US$ 5,033 bilhões. No comércio exterior, o saldo ficou negativo em US$ 2,147 bilhões, com exportações (US$ 2,888 bilhões) inferiores às importações (US$ 5,035 bilhões).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.