Tamanho do texto

Segundo pesquisa da Telecheque, dos 1097 inadimplentes entrevistados entre agosto e outubro, 57% eram mulheres e 43% eram homens

Agência Estado

A inadimplência com cheques é maior entre as mulheres do que entre os homens, de acordo com pesquisa da Telecheque, empresa especializada em análise de crédito para pagamento com cheque. A sondagem, divulgada nesta segunda-feira mostrou que, dos inadimplentes entrevistados entre agosto e outubro, 57% eram mulheres e 43%, homens.

Veja também:  Inadimplência é mais comportamental que econômica, aponta Serasa

O descontrole financeiro, com 36%, está no topo da lista dos principais motivos de inadimplência. Em seguida, com 12%, aparece o empréstimo de nome a terceiros em contratos de financiamento ou participação nesses contratos como avalista ou fiador.

Mais da metade dos valores em inadimplência (55%) se situa na faixa entre R$ 50 e R$ 500. Os consumidores não conseguiram pagar dívidas feitas principalmente nos setores de roupas e vestuário (16% do total), alimentação (15%) e acessórios automotivos e manutenção (14%).

Veja também:  Inadimplência do consumidor sobe 5% em outubro, aponta Serasa

A pesquisa da Telecheque, chamada "Perfil do Consumidor Inadimplente", ouviu 1.097 pessoas, das quais 58% ganham até R$ 2.040.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.