Tamanho do texto

No acumulado do ano, as contas externas brasileiras apresentam déficit de US$ 39,554 bilhões, o equivalente da 2,09% do Produto Interno Bruto (PIB)

Agência Estado

As contas externas brasileiras apresentaram um déficit em conta corrente de US$ 5,431 bilhões em outubro, divulgou na tarde desta quinta-feira o Banco Central (BC). O resultado ficou pior do que a previsão anterior do BC de déficit de US$ 4,9 bilhões.

No acumulado do ano, as contas externas brasileiras apresentam déficit de US$ 39,554 bilhões, o equivalente da 2,09% do Produto Interno Bruto (PIB). No mesmo período do ano passado, o déficit estava em US$ 39,832 bilhões, correspondente a 1,93% do PIB. Em 12 meses até outubro, o déficit em conta corrente soma US$ 52,203 bilhões, ou 2,27% do PIB.

Veja também:  Déficit em transações correntes soma US$ 2,596 bilhões em setembro, diz BC

Remessas

AS remessas de lucros e dividendos feitas pelas empresas estrangeiras com sede no Brasil somaram US$ 2,355 bilhões em outubro, disse o BC. No acumulado do ano até o mês passado, as remessas chegaram a US$ 17,706 bilhões. O resultado está abaixo dos US$ 29,218 bilhões registrados em igual período de 2011.

O BC informou também que as despesas com juros externos totalizaram US$ 1,075 bilhão em outubro e US$ 8,623 bilhões nos primeiros dez meses do ano. Neste mesmo período do ano passado, o gasto com juros foi de US$ 9,719 bilhões.

Veja também:  Déficit com viagens ao exterior soma US$ 1,536 bi, informa BC

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.