Tamanho do texto

Preço aumenta devido ao receio de riscos na oferta, por conta de ataques militares de Israel em Gaza ocorridos na última quarta-feira

Agência Estado

Os contratos futuros do petróleo operam em alta na manhã desta quinta-feira (15), em meio a tensões no Oriente Médio e preocupações com o possível excesso de oferta num ambiente de demanda faca.

Às 10h17 (de Brasília), o contrato de petróleo para dezembro negociado na Nymex subia 0,05%, para US$ 86,36 o barril. Já na plataforma ICE, o petróleo do tipo Brent ganhava 1,09%, a US$ 110,80 o barril.

Segundo o Commerzbank, os ataques militares de Israel em Gaza mudaram desde ontem o foco dos investidores de volta para os riscos de oferta, causando a alta nos preços do petróleo. Já a JBC Energy prevê que o prêmio de risco geopolítico dos futuros de petróleo provavelmente crescerá se a situação no Oriente Médio ganhar uma proporção maior.

De acordo com analistas, o petróleo também é pressionado por preocupações com o nível dos estoques dos EUA, o maior consumidor mundial da commodity. Às 14h (horário de Brasília), o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) vai divulgar os dados dos estoques norte-americanos referentes à semana passada.

Ontem, o American Petroleum Institute estimou que os estoques dos EUA cresceram 1,35 milhão de barris no período, para 373,043 milhões de barris. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.