Tamanho do texto

Segundo presidente americano, isso dará a 98% das famílias e a 97% das pequenas empresas a certeza da aceleração do crescimento econômico

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu neste sábado ao Congresso para que fosse estendida imediatamente a redução de impostos à classe média, argumentando que isso dará a 98% das famílias e a 97% das pequenas empresas a certeza da aceleração do crescimento econômico.

"Isso é algo de que todos estamos de acordo", disse o presidente em sua mensagem semanal de rádio e internet. "Inclusive enquanto negociamos um pacote mais amplo de redução de déficit, o Congresso deve estender o corte de impostos à classe média imediatamente", completou.

MaisObama insiste que ricos deverão pagar mais impostos para baixar déficit

Segundo Obama, trata-se de uma medida que dará a milhões de famílias e a 97% das pequenas empresas a tranquilidade de saber que serão gerados novos empregos e que haverá um crescimento mais rápido.

Na sexta-feira, Obama convidou aos líderes republicanos e democratas para que se reunissem na Casa Branca na próxima semana para discutir sobre os meios de evitar o chamado "abismo fiscal".

Leia também : Reeleição de Obama é positiva para Brasil e G20, diz Mantega

Tal abismo representaria uma catastrófica combinação de incrementos automáticos de impostos e radicais cortes de gastos de defesa e domésticos a partir de 1° de janeiro, caso o Congresso não tome outra decisão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.