Tamanho do texto

Inflação na zona do euro desacelerou para estimados 2,5% em outubro, pouco acima da meta do BCE de 2%

Reuters

O Banco Central Europeu (BCE) manteve sua principal taxa de juros em 0,75 por cento, mínima recorde, nesta quinta-feira, aguardando para ver se a inflação e a economia da zona do euro desaceleram mais antes de decidir por outra redução nos custos de empréstimos.

A inflação na zona do euro desacelerou para estimados 2,5 por cento em outubro --pouco acima da meta do BCE de perto mas abaixo de 2 por cento.

O BCE também está avaliando o impacto de seu novo plano de compra de títulos em relação à crise da dívida da zona do euro, que identificou como um risco às perspectivas de crescimento e inflação.

O BCE deixou sua principal taxa de juros inalterada pelo quarto mês seguido. Também manteve a taxa de depósito em 0,0 por cento e a de empréstimo em 1,5 por cento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.