Tamanho do texto

O pecuarista Assuero Doca Veronez, um dos vice-presidentes da Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), foi preso hoje, no Acre, acusado de pertencer a uma rede de exploração sexual de adolescentes

Agência Estado

O pecuarista Assuero Doca Veronez, um dos vice-presidentes da Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), foi preso hoje, no Acre, acusado de pertencer a uma rede de exploração sexual de adolescentes. A entidade divulgou uma nota comunicando o afastamento de Veronez da diretoria.

"Ele permanecerá afastado até que sejam concluídas as investigações policiais sobre suposta rede de prostituição de menores", diz trecho. "A CNA repudia a exploração sexual de menores e considera indefensável o envolvimento de qualquer cidadão com a prática de crimes desta natureza", conclui a entidade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.