Tamanho do texto

Maior banco da Suíça fará reestruturação de seu banco de investimentos, uma divisão que enfrenta problemas crônicos

AFP

O UBS, maior banco da Suíça, anunciou nesta terça-feira a supressão de 9.000 postos de trabalho em todo o mundo até 2015, como parte da reestruturação de seu banco de investimentos, uma divisão que enfrenta problemas crônicos.

Com a reestruturação, o banco de Zurique espera economizar 5,4 bilhões de francos suíços em três anos e planeja abandonar algumas atividades de alto risco do banco de investimentos.No fim de junho, o banco suíço tinha 63.500 funcionários em todo o mundo.

A meta do UBS é terminar 2015 com aproximadamente 54.000 trabalhadores."É uma decisão difícil de tomar, em particular em uma atividade como a nossa, baseada nas pessoas", afirmou o diretor geral do banco, Sergio Ermotti."Certas reduções de postos de trabalho serão compensadas pela taxa de flutuação natural.

Tomaremos todas as medidas necessárias para atenuar o impacto global das mudanças", completou o executivo.