Tamanho do texto

Atualmente modalidade representa 6% do PIB; "estamos sempre atentos a riscos", diz diretor

Agência Estado

O diretor de Regulação do Sistema Financeiro do Banco Central (BC), Luiz Awazu Pereira da Silva, disse nesta segunda-feira que o crédito imobiliário no Brasil "ainda tem espaço considerável de expansão", pois representa apenas 6% do Produto Interno Bruto (PIB). "O crédito imobiliário tem regras prudenciais sólidas e não podem ser avaliadas com base no que ocorreu com o subprime nos Estados Unidos", destacou.

Awazu ressaltou que o sistema financeiro no Brasil, além de ser muito sólido e bem regulado pelo BC, tem pequena exposição a ativos no exterior, de 20% do PIB. "Sempre estamos atentos a riscos, mas nosso sistema financeiro nacional é muito mais sólido do que o dos países que entraram em crise em 2008 e 2009", destacou.

O diretor do BC fez os comentários durante palestra no IV Fórum Banco Central de Inclusão Financeira, realizado nesta segunda-feira em Porto Alegre.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.