Tamanho do texto

Índice de Confiança da Indústria (ICI) avançou passando de 105,0 pontos para 106,0 pontos no período

Agência Estado

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) avançou 1,0% em outubro ante setembro, passando de 105,0 pontos para 106,0 pontos no período, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV).

O nível alcançado neste mês é superior ao da média histórica recente e representa o maior patamar desde junho de 2011, quando o indicador estava em 107,1 pontos.

Porém, o dado representa uma desaceleração em relação ao resultado apresentado na prévia do ICI deste mês, quando havia alcançado 106,4 pontos.

Segundo a FGV, o avanço do ICI de outubro foi influenciado, principalmente, pela melhora das avaliações em relação ao momento presente. O Índice da Situação Atual (ISA) avançou 1,7% ante setembro, para 106,8 pontos, alcançando o maior patamar desde julho de 2011.

Já o Índice de Expectativas (IE) subiu 0,3%, em base mensal, para 105,2 pontos. Para a FGV, esses números sinalizam a continuidade da recuperação gradual no ritmo de atividade do setor industrial.

Já o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (NUCI) passou de 84,1% em setembro para 84,2% em outubro, registrando o maior patamar desde junho de 2011 e mantendo-se acima da média histórica recente pelo terceiro mês consecutivo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.