Tamanho do texto

Número representa recuo de nove pontos porcentuais ante resultado dos primeiros nove meses de 2011

Agência Estado

A produção de aço da China desacelerou de forma significativa nos primeiros nove meses de 2012, segundo dados da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma do país, divulgados neste domingo pela agência de notícias estatal Xinhua. A produção de aço bruto aumentou apenas 1,7% de janeiro a setembro deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado, totalizando 542,34 milhões de toneladas. O número representa um recuo de nove pontos porcentuais ante o resultado dos primeiros nove meses de 2011.

Segundo a Xinhua, o setor de aço e ferro do país sofreu a desaceleração num momento em que a economia chinesa cresceu 7,7% nos primeiros três trimestres do ano. Os lucros combinados do setor caíram 53,4%, para 82 bilhões de yuan (US$ 13 bilhões) de janeiro a agosto na comparação anual, de acordo com dados da comissão.

Os preços do aço ainda registravam declínio no fim de setembro. O índice composto dos preços do aço recuou 3,92 pontos, atingindo 100,47 pontos. Os dados mostram que a China importou 550,76 milhões de toneladas de minério de ferro de janeiro a setembro, alta de 8,4% na comparação anual, enquanto a exportação de produtos de aço cresceu 10,2%, para 40,94 milhões de toneladas na mesma base de comparação.

As informações são da Dow Jones.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.