Tamanho do texto

Schaeuble, no entanto, admitiu que programa de recompra de títulos pode ser considerado

Reuters

O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schaeuble, descartou a possibilidade de investidores públicos aceitarem a restruturação da dívida grega que detêm, mas admitiu que um programa de recompra dos títulos pode ser considerado.

"(A restruturação) é uma discussão que tem pouca relação com a realidade entre os integrantes da zona do euro", afirmou em entrevista a ser divulgada pela rádio Deutschlandfunk.

Schaeuble afirmou que não irá especular sobre um programa de recompra de títulos da dívida soberana até que o Banco Central Europeu, a Comissão Europeia e o Fundo Monetário Internacional apresentarem o relatório final sobre o progresso fiscal da Grécia.

"Essa consideração pode ser feita de maneira séria, mas foi adiada por alguns membros do conselho do banco central", disse o ministro.