Tamanho do texto

Solicitações recuaram em 23 mil, para 369 mil, segundo dados ajustados sazonalmente, informou o Departamento do Trabalho

Reuters

Os novos pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos recuaram na semana passada, dando um sinal mais claro de que o mercado de trabalho está se recuperando depois de fortes flutuações nos dados no início do mês.

Os pedidos iniciais para auxílio-desemprego recuaram em 23 mil, para 369 mil, segundo dados ajustados sazonalmente, informou nesta quinta-feira o Departamento do Trabalho.

O número da semana anterior foi revisado para mostrar mais 4 mil pedidos do que o reportado anteriormente.

A média móvel de quatro semanas, que alivia as volatilidades, subiu em 1.500, para 368 mil. Economistas em geral acreditam que uma leitura abaixo de 400 mil indica aumento do emprego, com a contratação provavelmente superando a dispensas.

(Reportagem de Jason Lange)