Tamanho do texto

Presidente do BC, porém, afirmou que esses debates não devem ser transportados para as nações emergentes, "em especial para o Brasil"

Agência Estado

O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, afirmou nesta terça-feira que os países mais avançados têm debatido a possibilidade de o juro real seguir negativo, mesmo que traga um pouco de inflação. Mas ele ponderou que esses debates não devem ser transportados para as nações emergentes, "em especial para o Brasil".

MaisTombini afirma que recuperação da economia está em curso

Tombini ressaltou, durante evento em São Paulo, que o Brasil tem controlado a inflação adotando medidas robustas, sem citar, no entanto, quais seriam essas ações. "É possível haver divergências entre analistas com relação à inflação e ao crescimento. Mas o BC trabalha com um calendário canônico de estabilidade".

O presidente do BC lembrou que nos últimos oito anos o Brasil conseguiu cumprir a meta de inflação, que é de 4,5% com tolerância de dois pontos porcentuais para cima ou para baixo. "E neste ano e nos anos vindouros, não será diferente", salientou.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.