Tamanho do texto

O IPC-S ficou em 0,62% na segunda prévia do mês, ante 0,64% registrado na leitura anterior, do dia 7 de outubro

Agência Estado

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) apresentou aceleração em apenas uma das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) na segunda quadrissemana de outubro.

Em Belo Horizonte, a taxa passou de 0,74% na primeira quadrissemana do mês para 0,79% na leitura divulgada nesta quarta-feira.

O IPC-S ficou em 0,62% nesta segunda quadrissemana, ante 0,64% registrado na leitura anterior, do dia 7 de outubro.

Em São Paulo (de 0,61% para 0,60%), Rio de Janeiro (de 0,60% para 0,49%), Brasília (de 0,22% para 0,20%), Porto Alegre (de 0,96% para 0,93%) e Recife (de 0,70% para 0,69%) houve desaceleração na taxa do indicador nesta segunda quadrissemana de outubro ante a primeira. Em Salvador, o índice permaneceu estável em 0,51%. A próxima divulgação dos resultados regionais do IPC-S ocorrerá no dia 24 de outubro.