Tamanho do texto

Declaração de Christine Lagarde acontece após reunião do FMI, em Tóquio, onde ela expressou sua frustração pela crise na zona do euro e desaceleração da economia global

Agência Estado

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, expressou neste domingo sua preocupação com a possibilidade de o impulso para a implementação das reformas financeiras estar estagnado.

"Muitos sistemas financeiros continuam vulneráveis, ainda são muito complexos e excessivamente dependentes de instituições financeiras grandes, talvez grandes demais. Novos esforços são necessários para refinar e implementar essas reformas", disse Lagarde, em Tóquio, acrescentando que "a energia coletiva para implementar as reformas parece estar caindo um pouco".

As declarações de Lagarde foram feitas na esteira das reuniões anuais do FMI e do Banco Mundial, que expuseram as frustrações sobre a crise na zona do euro e a desaceleração da economia global. As informações são da Dow Jones.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.