Tamanho do texto

Principal motivo que levou ao recuo em setembro, de acordo com a empresa, foi a menor quantidade de dias úteis, 19 contra 23 em agosto

Agência Estado

O número de consumidores que buscaram por crédito em setembro caiu 16,5% na comparação com o mês anterior, interrompendo uma sequência de duas altas consecutivas, informou nesta terça-feira a Serasa Experian.

Em relação a setembro de 2011, a queda foi de 9%. O principal motivo que levou ao recuo em setembro, de acordo com a empresa, foi a menor quantidade de dias úteis - 19 contra 23 em agosto e 21 em setembro de 2011.

Os resultados do mês passado levaram o Indicador da Demanda do Consumidor por Crédito a registrar queda de 5,9% no acumulado dos nove primeiros meses do ano, ante igual período de 2011.

A média diária de procura por crédito, no entanto, subiu 1,1% em setembro na comparação com agosto e avançou 0,6% sobre o mesmo mês do ano passado.

"Isto revela que o consumidor está gradativamente retornando ao mercado de crédito, tendo em vista as reduções das taxas de juros, o recuo gradual da inadimplência e a manutenção de taxas de desemprego historicamente baixas", afirmou a empresa, por meio de nota.

Na análise por regiões do País, apenas o Norte se encontra no terreno positivo na demanda do consumidor por crédito no acumulado do ano (0,8%).

O Nordeste apresenta queda de 3,4% no período, o Centro-Oeste recua 5,1% e Sul e Sudeste registram baixa de 7,1%.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.