Tamanho do texto

Presidente americano reconheceu que muitos americanos ainda procuram emprego e lutam para pagar as contas e pediu aos parlamentares que prorroguem cortes de impostos

Agência Estado

Exaltando os indicadores de emprego divulgados na sexta-feira, o presidente Barack Obama pediu neste sábado ao Congresso que adote um conjunto de medidas que, de acordo com ele, ajudarão os trabalhadores americanos.

"Quatro anos depois da pior crise econômica das nossas vidas, vemos sinais de que, como uma nação, estamos avançando novamente", disse em pronunciamento semanal veiculado na rádio e na internet. "Mais americanos estão entrando no mercado de trabalho. Mais americanos estão conseguindo emprego", acrescentou Obama.

Os comentários surgem depois que o Departamento de Trabalho dos EUA anunciou a criação de 114 mil vagas, uma conquista que reduziu a taxa de desemprego de 8,1% para 7,8% em setembro, nível mais baixo desde que Obama assumiu a Presidência, em janeiro de 2009.

Os novos dados desafiaram os críticos, incluindo o rival republicano Mitt Romney, que havia dito que o atual presidente americano não cumpriria a promessa de trazer a taxa de desemprego para menos de 8% até o final do primeiro mandato.

Os números também são melhores do que as previsões para este ano feitas pelo Federal Reserve, que embarcou em uma terceira rodada de afrouxamento monetário (QE3), em setembro, principalmente por causa do desemprego persistentemente elevado no país. Em geral, 12,1 milhões de americanos continuam oficialmente desempregados, menos que os 13,9 milhões apurados em setembro de 2011, quando a taxa era de 9%.

Obama reconheceu que muitos americanos ainda "estão procurando emprego ou lutando para pagar as contas" e pediu que o Congresso tome medidas para aliviar o seu sofrimento. Ele afirmou que os parlamentares precisam prorrogar os cortes de impostos adotados no governo do republicano George W. Bush para a grande maioria dos trabalhadores, que vencem no fim do ano.

O presidente citou também a necessidade de ajudar os proprietários de moradias, dando-lhes uma chance de refinanciar as suas hipotecas a taxas de juro mais baixas.

Obama disse que o Congresso precisa aprovar um plano para criar empregos para veteranos como policiais, bombeiros ou guardas de parque em comunidades em todo o país. "Se vamos manter essa economia seguindo em frente, não há tempo para jogos políticos", afirmou ele. As informações são da Dow Jones.