Tamanho do texto

País vem reduzindo gradualmente dívidas com o fundo

Reuters

A Turquia irá acertar sua dívida restante de 1,3 bilhão de dólares com o Fundo Monetário Internacional (FMI) até abril próximo, disse o primeiro-ministro do país, Tayyip Erdogan, neste domingo.

No passado, o governo turco recorria a empréstimos do FMI para resolver problemas financeiros, mas tem conseguido se desenvolver sem este auxílio desde 2008. O país tem gradualmente reduzido suas dívidas com o fundo.

"Nós tomamos mais de 23,5 bilhões de dólares em dívida. Agora, temos 1,3 bilhão e cortaremos para zero em abril. Estamos realizando discussões técnicas agora", disse Erdogan a membros do partido governante.

(Por Jonathon Burch e Seda Sezer em Istambul)