Tamanho do texto

Ranking de 27 países feito pela revista britânica The Economist mostra o tempo que o trabalhador precisa para comprar meio litro da bebida

Em pleno período da tradicional festa alemã Oktoberfest, que só no ano passado vendeu 7,5 milhões de litros de cerveja, a revista britânica The Economist elaborou ranking que mostra quanto tempo o trabalhador de diferentes países precisa para comprar 500 ml de cerveja, de acordo com valor médio pago por hora de trabalho.

Os dados extraídos de um levantamento do banco suíço UBS mostram que os donos da festa precisam de apenas sete minutos para degustar meio litro da bebida num bar e ocupam o 25º lugar na lista. O brasileiro, por outro lado, paga mais que europeus e até mesmo argentinos.

Polonesas vestidas com o traje tradicional bebem cerveja após desfile de abertura da Oktoberfest, em Munique
Johannes Simon/Getty Images
Polonesas vestidas com o traje tradicional bebem cerveja após desfile de abertura da Oktoberfest, em Munique


Beberrões indianos, por conta do baixo salário baixo e dos altos impostos, precisam de quase uma hora para conseguir comprar cerveja por US$ 1,40. Filipinos aparecem em segundo lugar, com quase 40 minutos para pagar US$ 1,15. A Colômbia ocupa o terceiro lugar, com pouco mais de 35 minutos para bancar US$ 2,75. O trabalhador brasileiro surge em oitavo, tendo que trabalhar cerca de 20 minutos para pagar US$ 1,70 e refrescar a goela.

Sofrendo com a crise na zona do euro, o espanhol, 12º colocado no ranking, precisa de aproximadamente 15 minutos para conseguir juntar US$ 3,05, pouco tempo mais que o argentino que paga US$ 1,70. No pé da lista, em 27º lugar, aparece o norte-americano, que trabalha cerca de 5 minutos para torrar apenas US$ 1,80 no bar.

Veja o ranking completo aqui