Tamanho do texto

Comparação se dá com mesmo período de 2011; para analistas, país tem sido prejudicado pela desaceleração de seus principais parceiros, Brasil e Argentina

Agência Estado

O produto interno bruto (PIB) do Uruguai cresceu 3,8% no segundo trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo divulgou hoje o banco central do país. Na comparação com o primeiro trimestre deste ano, a expansão foi de 0,8%.

Segundo os dados do banco central, a demanda interna aumentou no segundo trimestre, conforme mostra a expansão nos gastos com consumo final (+5,8%) e na formação bruta de capital (18,8%). As importações avançaram 13,2%, ante o segundo trimestre do ano passado, enquanto as exportações cresceram apenas 0,1%.

"Tais comportamentos (das importações e exportações) determinaram um saldo negativo maior no volume físico das transações de bens e serviços com o exterior", afirma o banco central. Segundo analistas, o Uruguai tem sido prejudicado pela desaceleração dos seus principais parceiros comercias, o Brasil e a Argentina. As informações são da Dow Jones.