Tamanho do texto

Pedidos iniciais de auxílio-desemprego caíram em 3 mil, para 382 mil, segundo o Departamento do Trabalho dos Estados Unidos

Reuters

O número de novos pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos caiu na semana passada, devolvendo parte do aumento relacionado ao clima da semana anterior, mas o tom do relatório apontou para certa fraqueza no mercado de trabalho.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego caíram em 3 mil, para 382 mil, segundo dados ajustados sazonalmente, informou nesta quinta-feira o Departamento do Trabalho.

Economistas consultados pela Reuters esperavam que os pedidos caíssem para 375 mil na semana passada.

A média móvel de quatro semanas, considerada uma medida melhor da tendências do mercado de trabalho, subiu em 2 mil, para 377.750 - o maior nível desde junho. Essa foi a quinta alta semanal consecutiva desta leitura.