Tamanho do texto

A mudança nas Contas Nacionais para adequar o cálculo às recomendações internacionais pode aumentar a taxa de investimento na economia

Agência Estado

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro do terceiro trimestre de 2014 já pode ser divulgado sob nova metodologia, que passa a contabilizar a aquisição de software e despesas com pesquisa e desenvolvimento (P&D) como Formação Bruta de Capital Fixo.

A mudança nas Contas Nacionais para adequar o cálculo às recomendações internacionais pode aumentar a taxa de investimento na economia. "Vai depender da nossa capacidade de concluir o estudo", disse Wasmália Bivar, presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O Projeto de Revisão do Sistema de Contas Nacionais já está em curso no instituto e o objetivo é que os resultados estejam prontos até o fim de 2014. Caso contrário, o novo cálculo sairá no início de 2015, quando serão divulgados os resultados do PIB referentes ao quarto trimestre de 2014.

"A ideia é reajustar a série (do PIB) de 1996 em diante", contou a presidente do IBGE. O jornal "O Estado de S. Paulo" antecipou na edição desta quarta-feira (19) as mudanças na metodologia de cálculo do PIB.