Tamanho do texto

Siemens investe 35 milhões de euros para criar pavilhão que receberá eventos sobre sustentabilidade e que gera sua própria energia, entre outras soluções

EFE

A empresa alemã Siemens inaugurou nesta quarta-feira em Londres o edifício "The Crystal", um pavilhão sustentável e inteiramente de vidro, que abrigará todos os tipos de ideias sobre a cidade ecológica do futuro. Construído sobre uma área de 6.340 mil metros quadrados, o "The Crystal" está situado no leste de Londres, à beira de um canal, e será utilizado para organizar eventos e conferências sobre o desenvolvimento de cidades sustentáveis.

O edifício The Crystal, inaugurado nesta quinta pela Siemens: economia de 65% no consumo de energia
Divulgação
O edifício The Crystal, inaugurado nesta quinta pela Siemens: economia de 65% no consumo de energia

Em entrevista coletiva, o executivo-chefe da Siemens, Peter Löscher, junto com Roland Bunsch, membro do conselho de administração da companhia alemã, apresentaram o edifício como "um centro de diálogo" para analistas e cidadãos de todo o mundo.

Seu objetivo é que o "The Crystal" se transforme em um fórum capaz de reunir "boas ideias" para fazer frente aos problemas das cidades que repercutem no meio ambiente, como as emissões de CO2. "Não são problemas contra os quais devemos lutar, mas como devemos conduzi-los", disse Busch.

Veja: Infográfico - Como ter uma casa sustentável

O próprio edifício, que custou 35 milhões de euros, se apresenta como exemplo de desenvolvimento sustentável, já que a energia consumida por seus escritórios - a metade dos outros convencionais - é gerada pela própria estrutura, sem nenhum tipo de uso de combustível fóssil.

Segundo a Siemens, suas emissões de CO2 serão 65% mais baixas do que a de outros edifícios similares. Isso porque, dois terços da cobertura do edifício esta revestida de painéis solares que gerarão aproximadamente 20% de seu consumo de energia elétrica.

Leia:  Cidades são cinza, mas China investe para se tornar verde

Situado perto da Vila Olímpica no leste de Londres, o "The Crystal" também apresenta uma exposição interativa sobre urbanismo sustentável, a qual ocupa 2 mil metros quadrados distribuída em dois andares.

Durante esse percurso, o visitante poderá obter mais explicações sobre o desafio que representa o aumento da população nas grandes cidades e suas possíveis soluções mediante ao uso de energias renováveis e de um transporte público ecológico. Apesar de ter sido inaugurado nesta quarta pelo prefeito de Londres, Boris Johnson, o edifício, que contará com 30 especialistas de 15 países diferentes, só será aberto ao público a partir do próximo sábado. EFE cdb/fk (foto)