Tamanho do texto

Índice de Confiança da Indústria mostrou avanço de 1,1% em relação ao resultado de agosto, atingindo 105,2 pontos; desempenho foi o mais alto desde junho de 2011

Agência Estado

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) apurado na prévia da Sondagem da Indústria de setembro, divulgada na manhã desta quarta-feira pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), mostrou avanço de 1,1% em relação ao resultado de agosto, atingindo 105,2 pontos. O indicador foi o mais alto desde junho de 2011, ficando muito próximo da média recente (de 105,4 pontos).

A prévia de setembro mostra que o Índice da Situação Atual (ISA) apresentou crescimento de 0,7%, atingindo 105,8 pontos, o maior patamar desde julho de 2011. O Índice de Expectativas (IE) também melhorou, com alta de 1,6%, para 104,7 pontos, o maior nível desde junho de 2011.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) da indústria nesta prévia teve leve aumento de 0,1 ponto porcentual na passagem de agosto para setembro, passando de 84% para 84,1%, O índice retornou ao patamar de julho de 2011.

A prévia dos resultados da Sondagem da Indústria abrange a consulta a 804 empresas entre os dias 3 e 14 de setembro. O resultado final da pesquisa para setembro será divulgado no próximo dia 26.