Tamanho do texto

Para presidente do BNDES, sistema de crédito e mercado de capitais podem incrementar os investimentos em infraestrutura

Agência Estado

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, disse que o País precisa empregar duas alavancas para incrementar os investimentos em infraestrutura no País: o sistema de crédito e o mercado de capitais.

No sistema de crédito, ele mencionou que, embora o sistema financeiro seja robusto, ele precisa se adequar à nova realidade de juros básicos em patamares mais próximos de níveis internacionais.

Nesse sentido, os bancos podem ser mais dinâmicos, ao deixarem o conforto de aplicar boa parte de seu caixa em títulos públicos e migrar para outros ativos de longo prazo, o que, segundo Coutinho, vai fortalecer o mercado de capitais no Brasil.

"A poupança doméstica deve ser deslocada para crédito e financiamentos de longo prazo", disse o presidente do BNDES, ao participar do fórum "Brasil Competitivo: Os nós da infraestrutura", organizado pela Agência Estado em parceria com o jornal O Estado de S. Paulo.